Cirurgia Adenectomia Apócrina Axilar


O suor excessivo (hiperidrose) e Odor (bromidrose) , são distúrbios decorrentes principalmente do sistema emocional(ansiedade) que acometem 1 a 2 % da população, levando a um aumento dos batimentos cardíacos que gera um aquecimento do corpo. Este aquecimento necessita de um suor para refresca-lo. Quando acomete as axilas, faz com que a pessoa fechem os braços, levando a um maior aquecimento e aumentando o suor, muitas vezes com odor. Logo, isto mostra que o suor e odor são consequências do distúrbio, e não a causa.

Ato cirúrgico (No corte, ao lado direito, glândulas apócrinas. Do lado esquerdo, sem glândulas apócrinas)
Teste de Iodo amido (antes da cirurgia)
Teste de Iodo amido (após a cirurgia)

Anatomia - Diferença entre Glândulas Apócrinas e Écrinas axilares


Apócrinas: glândulas maiores , situadas abaixo da pele (subdérmicos) , produzem suor viscosoe melecado (não evapora) rico em proteínas, gordura e glicose, seu ducto ou canal termina junto ao folículo piloso. Localizam-se em áreas restritas tipo: couro cabeludo, face, aréola, axila, mãos, virilha, região genital/anal e pés.

Écrinas: glândulas menores, situadas dentro da pele, e produzem um suor aquoso rico em sal e íons (com fácil evaporação), e com ducto próprio direto na pele, distribuem-se por todo o corpo.

Voltar para o início